Colocando a Casa em Ordem: Prefeito Paulinho autoriza a troca de lâmpadas queimadas na entrada de Timburi

Mais de 20 lâmpadas foram trocadas

Desde que assumiu oficialmente a gestão na Prefeitura Municipal, Paulinho Minozzi eleito pelo terceiro mandato em Timburi vem trabalhando dia e noite para organizar e deixar a cidade arrumada. Há duas semanas no governo, já foram realizadas ações significativas na cidade e a população vem manifestando total apoio nas Redes Sociais e nas conversas informais com a postura administrativa do Chefe do Executivo Timburiense.
Além dos veículos que estão passando por manutenção, Paulinho também disciplinou os serviços internos e externos da Prefeitura e já é visível a satisfação dos funcionários com as mudanças. “A Prefeitura não é do Prefeito, nós temos a incumbência de administrar o patrimônio da população e por este motivo temos que tomar algumas medidas, que muitas vezes são impopulares, mas fundamentais para a máquina pública funcionar. Encontrei uma situação totalmente fora do controle; com veículos sucateados, falta de medicamentos, equipamentos no Centro de Saúde, ruas esburacadas, estradas rurais em péssimo estado de conservação, mato alto e lixos em todas as áreas e repartições públicas, além das dívidas com fornecedores. Mas, com o apoio da população e dos funcionários estamos trabalhando muito para colocar o município em ordem”, mencionou o Prefeito.
Na última quinta-feira (12) as lâmpadas e luminárias dos postes na Avenida de acesso á Timburi foram trocadas. No local havia mais de 20 lâmpadas e luminárias com defeitos e vale destacar que a área é muito utilizada pelos munícipes para as práticas de caminhadas. Além de ser um cartão de visita para quem chega no município. “Havia a necessidade de fazer a manutenção na iluminação que estava uma escuridão só, no período noturno. Nós também vamos fazer os devidos reparos e trocar as lâmpadas queimadas em toda cidade. Há várias ruas escuras e isso propicia insegurança aos moradores”, enfatizou.
Paulinho ainda relatou, “mesmo com as dificuldades financeiras que passa a Prefeitura, não podemos fechar os olhos e simplesmente falar não tem recurso e deixar a cidade pouco a pouco se acabar. Cabe a nós gestores municipais buscar alternativas e focar em ações prioritárias para zelar do município”, finaliza.

Fonte: COMUNIC